NICK RAIDER 2

NICK RAIDER 2

SKU: 85NR002
R$ 49,90Preço

SAIGON 
Texto: Michele Medda • Desenhos: Eugenio Fiorentini e Giuseppe Sgattoni
Nick e Marvin se veem diante de uma cena enregelante na casa de uma prostituta, torturada e morta em sua própria cama. O crime traz à mente de Nick o primeiro caso em que ele atuou, e que havia sido no Vietnã, no departamento de polícia de Saigon: uma após a outra, duas prostitutas massacradas brutalmente. Um caso só aparentemente resolvido. Vinte anos depois, Nick descobre o insuspeitável assassino de hoje e daquela época!

GÊMEOS DE SANGUE
Texto: Luigi Mignacco • Desenhos: José Eduardo Caramuta
Três marginais de pouco relevo são mortos com uma arma cortante de dois gumes manuseada por um assassino misterioso. O matador costuma escrever na cena do crime, com o sangue das vítimas, a frase “Justiça foi feita”, e usa calçados particulares, como os de dançarino de sapateado. Esses são os únicos elementos em poder da polícia. As vítimas não apresentam pontos em comum. O maníaco pode ser qualquer um em Nova York, até mesmo o vizinho de Nick.

VIVO OU MORTO!
Texto: Alessandro Russo • Desenhos: Gustavo Trigo
Durante um roubo que acaba mal, o criminoso Martin Craig mata um homem. O dono da loja roubada reconhece o ladrão nas fotos da polícia. Nick e Marvin saem no rastro dele, mas não são os únicos, pois na pista do procurado também está um moderno caçador de recompensas, disposto a fazer conchavos com qualquer um e a recorrer a qualquer meio, lícito e ilícito, para capturar o fugitivo!

SEM SAÍDA
Texto: Giuseppe Ferrandino • Desenhos: Renato Polese
Um velho amigo de Nick, o agente Tony Scottini, está prestes a concluir a operação da sua vida: debelar um tráfico internacional de moeda falsa, incriminando o insuspeitável Aldous Stark. Mas Tony é morto quase sob os olhos de Nick que, identificado o provável assassino, o persegue até a fundação de Stark, invade o local e prende o mandante. Mas Stark é solto quase em seguida, e ainda recebe um pedido de desculpas do vice-procurador: Nick não tem elementos para, no tribunal, provar a culpa do empresário. Ao menos por enquanto.

Capa: Giampiero Casertano

(Reúne Nick Raider italiano 33-36)